O cantor Osmair Vieira, apontado na semana passada pela PC de Campina Verde como um dos envolvidos na venda de um trator furtado, apresentou na manhã de hoje sua versão dos fatos.

Acompanhado de seu advogado, Ricardo Rocha, ele confirmou que esteve no banco da cidade no momento em que o cheque foi descontado, mas afirmou que não participou do crime ou tem qualquer envolvimento com o caso. Conforme a sua versão, ele foi até à cidade acompanhado de seu ex-genro a fim de receber um dinheiro que havia emprestado para o familiar tempos atrás.

Desta forma, ele teria acompanhado o ex-sogro no desconto do cheque para reaver a quantia devida e que jamais, em momento algum sabia da negociação do veículo e muito menos que se tratava de produto de furto. Osmair Vieira afirma que ficou espantado com a maneira que teve seu nome e imagem difamados desde que o caso veio a tona e que já prestou os esclarecimentos necessários à Polícia Civil de Campina Verde. Para o cantor, assim que o inquérito for encerrado será demonstrada a sua inocência no caso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here