Informações dos bastidores – E a auditoria da Câmara?

Saiba o que rola nos bastidores do poder em notas rápidas.

0
363

No início desse ano de 2018, a Câmara de Vereadores de Frutal publicou – através de sua assessoria de imprensa – uma matéria informando a contratação da empresa Plenum Brazil, da cidade de Belo Horizonte, com a intenção de auditar as contas das gestões passadas.

Expectativa nos bastidores

Desde esse tempo, expectativas foram criadas nos bastidores sobre os resultados obtidos até agora com essa auditoria.

Ao público

Seria de bom grado a presidência da Casa vir à público dar alguns dados relativos aos trabalhos executados até esse momento por parte dessa empresa de auditoria.

Ibrapp

E a situação da empresa que administra o Hospital Frei Gabriel não é das melhores. Há que afirme nos bastidores, que a própria prefeita Ciça não estaria muito contente com os rumos que o Ibrapp tem dado ao hospital.

Como tirar?

Há ainda vias dentro do staff da prefeita que defende a saída imediata dessa empresa. Por outro lado, “demitir” o Ibrapp nesse momento é carimbar na testa da administração a marca de um erro gravíssimo. Admitir erros, todos sabem, não é uma virtude da prefeita da cidade.

Cortes no pagamento

Segundo informações do jornalista Alex Freitas, do jornal Correio da Região, o Ibrapp teria efetuado cortes no pagamento de seus servidores sem nenhuma explicação. De acordo com ele, os cortes variam de R$200 até R$ 500. Tais informações também chegaram à redação do Alô Frutal.

Assessoria

Tentamos contato com a assessoria de imprensa dessa empresa com a intenção de saber a veracidade dessas informações, porém, até  fechamento desse texto, ainda não houve retorno.

Pela culatra

Não saiu muito como esperado pela prefeita Ciça a reunião com os professores na UEMG. O evento foi “convocado” pela própria administração que esperava obter apoio da categoria, mas não foi o que ocorreu.

Presidente do SIND-UTE

A presidente do sindicato dos professores em Minas, Beatriz Cerqueira, deu o tom do evento e, de início, afirmou que tal evento não seria para votar ou não alguma proposta vinda do governo municipal.

Saiu “mordida“

Pessoas próximas à prefeita afirmam que Ciça saiu do evento “mordida”. Acostumada a dar o tom em todos os eventos, nesse, ouviu o que não quis. Até agora, seu governo tem se recusado cumprir com a Lei do Piso Nacional. A defasagem salarial dos professores em Frutal é grande.

Tolerância zero

A Polícia Militar tem agido no sentido de garantir o sossego da população, sobretudo, à noite, Diversos aparelhos sonoros automotivos foram apreendidos e levados para a Delegacia de Frutal.

Apoio da comunidade

Essa ação, que tem base legal nas leis, também ambientais, tem tido o apoio de grande parte da comunidade. Foi assim após publicação de matéria sobre essas ocorrências. As ocorrências em questão foram registradas no bairro Universitário e na região do Parque dos Lagos. No primeiro local, é grande a reclamação de “algazarra”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here