O Alô Frutal  divulgou em primeira mão, nesse fim e semana, dados oficiais do Ministério do Trabalhado – através do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) – que Frutal regrediu na criação de empregos formais. Segundo os dados oficiais divulgados, apenas foram 4.709 postos de trabalho fechados em 2017.

Agora, a redação divulga a evolução do emprego por setor de atividade econômica frutalense.

Quase todos os setores produtivos do município contribuíram para essa má notícia. Ainda segundo os dados analisados, 7 dos 8 setores tiveram mais demissões do que contratações.

A administração pública lidera o ranking de demissões. Apenas nesse setor a queda foi de 56,82%. Ou seja, no ano passado houve 75 admissões e 250 demissões.

Os empregos na construção civil também teve desempenho negativo nos 12 meses de 2017. Foram 157 admissões e 208 demissões. Uma variação negativa de 19,03%. Apenas o setor de agropecuária teve variação positiva nos 12 meses do ano, com aumento de 6,3%. Vejas abaixo os números de todos os setores divulgados ou baixe aqui;

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here