No dia 29 de setembro (sexta-feira) a Polícia Rodoviária Federal prendeu um indivíduo por participação em tentativa de furto à carga em Frutal/MG.

No momento da prisão, o indivíduo apresentou um RG original, emitido pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo. Contudo, durante a entrevista policial, o preso não sabia afirmar assertadamente o seu nome, tão pouco a sua data de nascimento.

Sendo assim, apesar da Polícia Civil do Estado de São Paulo confirmar a veracidade do documento, inclusive através de foto do indivíduo, diante das suspeitas acerca da veracidade das informações contidas no RG apresentado, o preso foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Frutal/MG para ser posteriormente identificado civilmente através das suas impressões digitais.

No início da tarde do dia 03/10/2017 (terça-feira), a Polícia Rodoviária Federal, recebeu uma denúncia anônima, informando que o preso pela PRF em Frutal por roubo de carga, na verdade se tratava de um pistoleiro que já praticou dezenas de homicídios, altamente perigoso, um dos criminosos mais conhecidos do Estado de Sergipe. Informou ainda que ele possui vários documentos com nomes falsos, emitidos por Institutos de Criminalística.

Diante da denúncia, a Polícia Rodoviária Federal entrou em contato com as polícias estaduais de Sergipe.

Depois de uma extensa busca de informações, no dia 05/10/2017 (quinta-feira) foi obtido êxito na identificação do preso através de imagem fotográfica, se tratando de um dos maiores procurados daquele estado, inclusive foi alvo de uma das mais importantes operações policiais no Estado de Sergipe, denominada “Operação Valquíria”, que desarticulou uma quadrilha formada por mais de 40 pessoas, que atuavam no tráfico de drogas, na prática de homicídios, lavagem de dinheiro, agiotagem, estelionato, roubo de cargas e receptação de mercadorias roubadas.

Sendo assim, a Polícia Rodoviária Federal encaminhou à Delegacia da Polícia Civil de Frutal/MG todas as informações acompanhadas dos 04 (quatro) mandados de prisão em aberto do indivíduo, por crimes de roubo, tráfico de drogas e homicídios qualificados.

Ainda no dia 05/10/2017 (quinta-feira), diante da enorme importância para o estado de Sergipe na captura deste preso, a Direção da Polícia Civil daquele estado requisitou uma Perícia de Identificação Facial Forense ao Instituto Médico Legal do Estado de Sergipe, o qual realizou uma perícia minuciosa entre as imagens do preso encaminhadas pela Polícia Rodoviária Federal e as imagens do procurado contidas no banco de dados daquele estado.

Ao final, ainda na noite desta quinta-feira, o Laudo Pericial com 11 páginas apresentou a confirmação de que o preso pela Polícia Rodoviária Federal em Frutal/MG é um dos maiores procurados do Estado de Sergipe.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here