A despeito dos maus ventos que sopram a política do país,  a Câmara de Frutal continua numa nau que parece não ter mais fim. O vai e vem das decisões judiciais em Belo Horizonte continua, e o Legislativo continua numa nau interminável.

O vereador Romero Menezes conseguiu na justiça de Belo Horizonte retomar seu mandato na Câmara de Vereadores de Frutal. Ele deve reassumir sua cadeira no Legislativo frutalense na reunião da Câmara de Frutal.

Foi através de uma decisão liminar do Desembargador Luis Carlos Gambogi – relator na Tutela Cautelar Antecedente. O desembargador deferiu pedido de antecipação da tutela recursal da defesa do vereador “a fim de que Romero Silva Menezes permaneça no exercício do cargo  de vereador até o julgamento do recurso de apelação”.

A decisão, por hora, suspendeu os efeitos da Comissão Processante nu,erro 01/2017 que cassou o mandato do vereador  em julgamento político/administrativo na Câmara de Frutal.

Gleiva fica fora

Como efeito dessa decisão, a suplente Gleiva Ferreira de Melo deixa a vaga que ocupava, pelo menos, até a decisão final da apelação junto ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais. Assim, a prefeita Maria Cecília perde uma das vozes mais fortes em seu favor na Câmara.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here