Farol

Produtores mineiros poderão emitir Nota Fiscal Avulsa off-line

O sistema desenvolvido pela Secretaria de Fazenda facilita a circulação de mercadorias no estado e se ajusta à realidade do campo

Por João Cerino em 03/09/2021 às 10:42:27

Divulgação - Emater

Os produtores rurais pessoas físicas-PRPF de Minas Gerais já podem se beneficiar da emissão da Nota Fiscal Avulsa-NFA off-line nas operações internas. Desenvolvido e disponibilizado pela Secretaria de Estado de Fazenda, o sistema permite que o próprio produtor ou entidade que o represente, como associação, sindicato, cooperativa ou empresa leiloeira emita o documento sem a necessidade de acesso à Internet, cabendo ao emissor providenciar posterior transmissão dos dados para a Receita Estadual.

O Decreto 48.264, que autoriza a implantação do sistema, foi publicado no último sábado, 28 de agosto, no Diário Oficial. A medida beneficia diretamente 924 mil produtores rurais em atividade no estado e é considerada por representantes do segmento a conquista de uma ferramenta há muito tempo desejada.

"A secretaria deve se orgulhar do pioneirismo, da criação e da praticidade desse sistema, considerando realidades que só o campo vive", escreveu o presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais-Faemg, Roberto Simões, em carta enviada ao secretário de estado de Fazenda, Gustavo Barbosa.

Ciente do aspecto estratégico do novo recurso oferecido, o secretário Gustavo Barbosa ressalta a importância dos produtores rurais na economia mineira. Em 2020, eles foram responsáveis pela emissão de 2,3 milhões de Notas Fiscais Avulsas. Em 2021, somente nos primeiros oito meses, o número já chega a 1,7 milhão. "Com certeza, a possibilidade de se emitir notas fiscais sem a necessidade de estar conectado à Internet vai agilizar o processo de compra e venda, além de facilitar o escoamento dos produtos nas transações comerciais feitas em Minas. O sistema off-line também vai poder ser usado como plano de contingência quando, por algum eventual problema técnico, a Nota Fiscal Avulsa eletrônica estiver indisponível", avalia Barbosa.

APLICATIVO

Para conseguir a liberação do uso do aplicativo, é preciso enviar solicitação por meio do Sistema Integrado de Administração da Receita Estadual-Siare. A autorização será concedida pela Unidade Fazendária da circunscrição do requerente, após verificados pré-requisitos como a quantidade de notas fiscais emitidas pelo produtor rural.

Após a autorização, o interessado deve solicitar, também via Siare, a sequência numérica das Notas Fiscais Avulsas que serão emitidas off-line do computador pessoal do produtor com a utilização do aplicativo instalado.

O aplicativo está disponível para instalação no site da SEF.

Fonte: Agência Minas

Comunicar erro
Revista Atual