Associação Médica Brasileira cria novo órgão de atuação parlamentar

O Núcleo de Atuação Parlamentar deve servir como ponte entre entidades médicas, senadores e deputados

Por João Cerino em 07/10/2021 às 10:44:40

A Associação Médica Brasileira-AMB- lançou oficialmente neste dia 6, o Núcleo de Atuação Parlamentar-NAP, que deve servir como ponte entre entidades médicas, senadores e deputados. O novo órgão, entretanto, já opera há alguns meses, abrigado na Associação Médica de Brasília. Segundo o presidente da AMB, César Eduardo Fernandes, uma assessoria parlamentar com equipe jurídica já se reúne com deputados e senadores. "Não queremos nem teremos intermediários para conduzir ações junto aos deputados. Não haverá contaminação qualquer, mantendo-nos sem viés político-ideológico e vacinados contra interesses outros", escreveu Fernandes ao apresentar o NAP.

Com a criação do núcleo, as entidades filiadas à AMB, que reúnem 27 federações nacionais e 54 sociedades de especialidades, têm agora à disposição duas entidades às quais podem aderir para se verem representadas junto ao Congresso Nacional. Até agora, esse papel era desempenhado exclusivamente pelo Instituto Brasil de Medicina-IBDM, criado em 2017.

Fonte: Agência Brasil

Comunicar erro