Golpista leva 3.200 reais de vítima

O criminoso se passou pelo filho da senhora, que fez os depósitos solicitados via WhatsApp

Por João Cerino em 07/11/2021 às 12:18:14

Uma mulher foi vítima de estelionato em Frutal e procurou a Polícia Militar afirmando que, por volta das 8h17, um número estranho começou a mandar mensagens via WhatsApp para seu celular, se passando por seu filho. Segundo a queixa, a mensagem dizia "oi mãe, estou com esse número agora, salva esse" e logo em seguida disse que estava tentando fazer um pagamento no valor de R$1.200,00 e que o seu cartão não estava passando. O golpista solicitou pagamento ou uma transferência e, sem desconfiar, a vítima fez um Pix no valor solicitado.

Depois disso, o estelionatário voltou a se comunicar com a vítima, ainda por mensagens de celular, dizendo que estava em uma agência bancária e que o gerente informou que ele estava com saldo devedor de R$2.000,00 solicitando assim uma nova transferência e dizendo que devolveria o dinheiro em seguida. A vítima fez uma nova transferência via Pix de R$1.500,00 pois seu limite de Pix havia excedido e a filha fez um depósito no valor de R$500,00 para completar o valor solicitado.

Segundo a ocorrência, o depósito foi feito em uma conta em nome de Bruno Ferreira da Silva, RG GO-6623797 - agência 1,551 Operação 013 e conta 006345060. Após estas transferências, o criminoso voltou a enviar mensagens pedindo mais R$1.000,00 mas, dessa vez, desconfiando do que estava ocorrendo, a vítima ligou para o número verdadeiro do filho, descobrindo que se tratava de um golpe. A vítima procurou seu banco para relatar o ocorrido e compareceu à sede da Polícia Militar para registrar o fato.

Fonte: Assessoria de Comunicação Organizacional - 4ª Cia Ind.

Comunicar erro