Atrito quase gera agressão

Uma discussão acabou com a elaboração de uma ocorrência de agressão e ameaça de morte

Por João Cerino em 21/11/2021 às 12:26:56

Um desacordo comercial resultou em uma queixa de amea√ßa por volta das 22h38 do dia 18, quando a Polícia Militar foi à Pra√ßa Afr√Ęnio de Paula e Silva, no cruzamento da Avenida José de Alencar com a Rua Augusto de Lima, onde a vítima, de 22 anos, disse ter sido amea√ßada de morte por uma mulher com 43 anos, que estava com uma faca. A mulher apontada como agressora disse que faz uso de medicamentos controlados e que a vítima quis cobrar um valor muito alto por um servi√ßo de transporte de motot√°xi e que isso deu início a uma discuss√£o.

De acordo com o Reds, durante o conflito, por conta de R$30,00 a vítima teria tentado dar um golpe de capacete e, em seguida, a mulher pegou uma faca para se proteger. A vítima disse que pretende representar em desfavor da agressora posteriormente, pois estava em seu hor√°rio de trabalho. Ele foi orientado a procurar a delegacia de polícia para as medidas de representa√ß√£o contra a agressora.

Fonte: Assessoria de Comunicação Organizacional - 4ª Cia Ind.

Comunicar erro