Farol

Cientistas buscam criar nematicida natural a partir de resíduos agroindustriais

Pesquisadores acreditam que a praga que causa prejuízos bilionários pode ser controlada com insumos naturais 

Por João Cerino em 05/03/2021 às 10:23:24

Fotonematoide

Pesquisadores da Embrapa Agroenergia e da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, ambos do Distrito Federal, pretendem criar um ativo natural para controlar fitonematoides. Para isso, estão utilizando coprodutos e resíduos de cadeias agroindustriais como matéria-prima para obtenção do novo insumo. Atualmente, essa praga agrícola do solo é controlada com práticas de manejo e compostos sintéticos, que têm perdido eficácia ao longo dos anos, além de poder causar impactos ambientais e à saúde humana.

A pesquisa é realizada em parceria com o Grupo Santa Clara, Demetra Agroscience e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas-Sebrae e o projeto Nematus conta com o apoio da Empresa Brasileira de Inovação Industrial-Embrapii. O grupo investiga extratos e compostos bioativos de fungos e plantas para aplicação no controle de fitonematoides, ou seja, busca por fontes naturais e renováveis para a obtenção de nematicidas.

Clenilson Martins Rodrigues, pesquisador da Embrapa Agroenergia e líder do projeto, comenta que a equipe está em busca de princípios ativos mais específicos para esses organismos, de modo a não comprometer o rico ecossistema do solo. "O uso de nematicidas sintéticos de largo espectro de atuação influenciam de maneira negativa toda a rizosfera ou ecossistema envolvido, acarretando riscos à saúde humana, aos animais e ao ambiente." Ele alega que, além de matar as pragas, alguns agroquímicos sintéticos podem causar danos, por exemplo, a pássaros, abelhas e até mesmo aos agricultores que fazem a aplicação.

Os fitonematoides são vermes presentes nos solos que, para sobreviverem e se reproduzirem, atacam as raízes das plantas para obterem reserva nutricional. Um dos fitonematoides mais comuns no Brasil é o Meloidogyne incognita, também conhecido como nematoide-das-galhas. A praga é um parasita capaz de provocar alterações na raiz da planta, prejudicando significativamente o seu desenvolvimento. O ataque causa a chamada "galha dos nematoides", uma célula gigante onde o parasita faz a postura dos ovos, que compromete o crescimento dos cultivos e é frequentemente fatal às plantas. No Brasil, esse fitopatógeno ataca principalmente as culturas da soja, algodão, café, feijão, milho e cana-de-açúcar.

Levantamento da Sociedade Brasileira de Nematologia indica que os nematoides causam prejuízos da ordem de 35 bilhões de reais anuais aos agricultores brasileiros. A praga, presente em diversas culturas, causa em média 15 bilhões em perdas anuais somente na cultura da soja, de acordo com a SBN.

Fonte: Com informações de Irene Santana, da Embrapa Agroenergia

Comunicar erro
Revista Atual