Vítima denuncia que palmeira foi envenenada

De acordo com a queixa, alguém entrou em seu quintal e fez um furo na árvore para despejar um veneno

Por João Cerino em 01/03/2022 às 11:51:55

A Polícia Militar em São Francisco de Sales recebeu uma vítima no destacamento policial, onde a mesma contou que chegou do trabalho à noite e percebeu que pessoa não identificada havia pulado o muro de sua residência e colocado veneno, de nome Tordon, em uma palmeira imperial que existe no fundo de sua casa na intenção de matá-la. Segundo a queixa, a pessoa invadiu o local e furou a árvore para derramar o veneno no tronco. A ocorrência menciona que há uma desconfiança de quem possa ser o autor deste ato e ele aponta para seu vizinho de residência, já que tal pessoa já havia reclamado há tempos atrás, que a palmeira poderia cair sobre sua casa.

Além disso, a vítima alega que o suspeito também reclamou que as raízes da árvore estariam entrando no quintal dele, danificando a calçada do quintal, bem como o sistema de água e esgoto da casa. Apesar de a vítima acreditar ser o vizinho e quais seriam os motivos, ele que não possui desavença com ninguém, mas nenhuma pessoa além do vizinho teria motivos para cometer esse ato. A esposa do suspeito disse que o marido e nem ela cometeram esse crime, salientando que o suspeito estaria trabalhando na usina e o local não dá sinal de celular.

Segundo o Reds, não foi possível apanhar a versão do suspeito e nem seus dados completos, visto que o sistema Isp estava fora do ar. O registro foi feito para futuros efeitos.


Fonte: Assessoria de Comunicação Organizacional - 69º BPM - Frutal-MG

Comunicar erro