Polícia Ambiental apreende 323 aves

Os animais estavam em cativeiro e eram mantidos em condições de maus tratos

Por João Cerino em 06/04/2022 às 12:05:12

A 5ª Companhia de Meio Ambiente em Uberaba trabalhou em uma ocorrência de destaque regional ao apreender espécimes da fauna silvestre brasileira que eram mantidos em cativeiro, com suspeita de abuso e maus tratos contra animais. Foram apreendidas 323 aves, dois alçapões e 97 gaiolas. O caso foi atendido neste dia 5, após uma denúncia que chegou à PM Ambiental por meio de uma denúncia anônima feita pelo telefone 181.

Os policiais encontraram 321 aves da fauna silvestre brasileira da espécie canário da terra, mantidos irregularmente em cativeiro, em situação de maus tratos, inclusive com duas aves mortas. Também foram apreendidos dois alçapões, 97 gaiolas e as 321 aves mantidas em cativeiro. Foram confeccionados dois Termo de Cumprimento e Comparecimento, além da lavratura de 196.270 Ufemgs em multas, o que equivale e R$936.266,78.

Também foram apreendidos materiais diversos usados para recolhimento, caça e apanha de animais. Também foram lavrados dois termos circunstanciados de ocorrência.


Fonte: 5ª Companhia de Meio Ambiente - Uberaba-MG

Comunicar erro