Farol

Polícia Militar detém suspeito de tráfico após receber denúncias anônimas

Policiais observaram a forma pela qual o suspeito agia, semelhante ao comércio de drogas ilícitas

Por João Cerino em 09/03/2021 às 10:36:26

Em Frutal, no dia 7, por volta das 21h57, A Polícia Militar, através da a√ß√£o da equipe T√°tico Móvel, em apoio ao Servi√ßo de Intelig√™ncia, fez a verifica√ß√£o de denúncias da venda de crack que estaria acontecendo na resid√™ncia de um suspeito na Rua Miguel Furtado de Mendon√ßa, no Bairro Frutal-II. Conforme o servi√ßo DDU-Disque Denúncia Unificado, havia v√°rias queixas em desfavor do suspeito, dando conta que ele realizaria tr√°fico de drogas. No local, o Servi√ßo de Intelig√™ncia, confirmou intensa movimenta√ß√£o de indivíduos com características de usu√°rios de droga realizando contato com o suspeito no port√£o de sua resid√™ncia, sempre da mesma forma, parando em frente ao port√£o de madeira da casa e, chamando pelo nome, o suspeito ia de encontro aos usu√°rios e entregava alguma coisa, voltando rapidamente para dentro de casa.

Em um desses contatos, a equipe policial T√°tico Móvel foi informada pelo Setor de Intelig√™ncia e realizou de imediato a busca pessoal, conforme preconiza manual técnico policial em um usu√°rio que tinha acabado de pegar algo do suspeito e guardar no seu boné, com gesto de entregar alguma coisa para o suspeito, que guardou em seu bolso traseiro direito. Em busca, foram localizadas dentro do boné do usu√°rio duas pedras com características an√°logas a crack. Em ato contínuo, a equipe policial, devido ao estado de flagr√Ęncia conforme o código de processo penal, decidiu realizar a busca pessoal no suspeito, que se encontrava no quintal de sua resid√™ncia, localizando no bolso traseiro direito de sua bermuda a quantia de R$.137,00 em notas diversas.

Em conversa com a equipe policial, o autor n√£o soube informar a origem do dinheiro, assinalando que n√£o possuía nada de ilícito em sua resid√™ncia. Durante uma varredura no quintal, nada foi localizado, mas, como o autor possui outras anota√ß√Ķes criminais. Por isso foi dada voz de pris√£o pelo crime de tr√°fico de drogas e ao usu√°rio pelo crime de uso/consumo de drogas. Ambos foram cientificados de seus direitos constitucionais e conduzidos até a delegacia de polícia com sua integridade física preservada.



Fonte: Assessoria de Comunicação Organizacional 4ª Cia Ind

Comunicar erro
Revista Atual