Farol

Invasão trouxe risco de falta de água em Frutal

Segundo a Polícia Militar, intuito era de furtar os cabos

Por Redator em 20/04/2019 às 21:50:45

Invasão trouxe risco de falta de água em Frutal

Uma invas√£o na sala de m√°quinas da Esta√ß√£o Elevatória de Água Bruta da Companhia de Saneamento de Minas Gerais-Copasa em Frutal na madrugada de s√°bado, 20, trouxe risco de desabastecimento em toda a cidade. A empresa deu queixa após notar defeito no funcionamento dos equipamentos e apurar que haviam desaparecido cabos de energia no local. Segundo a Pol√≠cia Militar, a inten√ß√£o dos desconhecidos era furtar os cabos, que alcan√ßam bom pre√ßo nas revendas para reciclagem.

Ainda segundo a Polícia Militar, os criminosos destruíram parte da fiação responsável por conduzir energia para os motores das bombas de água e furtaram parte dos cabos. A empresa fez os reparos rapidamente para afastar o risco de desabastecimento porque havia cabos no estoque, o que permitiu reparos rápidos, afastando a possibilidade de racionamento.

A PM informou que n√£o houve buscas por suspeitos e ainda n√£o h√° pistas de quem cometeu o crime por conta da falta de c√Ęmeras de seguran√ßa no local. A partir de agora o furto dos cabos passa para a compet√™ncia da Pol√≠cia Civil, que vai investigar o caso.

O gerente da Copasa em Frutal, Jaime Gabriel de Freitas, disse que o problema foi causado por vazamento, pois as bombas estavam danificadas e isso poderia comprometer o abastecimento de √°gua na cidade. Em nota, a empresa informou que "pessoas desconhecidas entraram na sala de m√°quinas na Esta√ß√£o Elevatória de Água Bruta e danificaram toda fia√ß√£o que liga os motores, raz√£o pela qual poderia haver falta de √°gua em alguns bairros."

Coment√°rios

Revista Atual