Balabanner

Polícia Federal age em diversas frentes

A Polícia Federal Mineira está em ação em todo o estado, com várias investigações ao mesmo tempo

Por João Cerino em 29/05/2024 às 14:00:00

Neste mĂȘs de maio, a PolĂ­cia Federal mineira tem desenvolvido diversas investigações para desarticular associações criminosas, combater o abuso sexual infanto-juvenil e a extração ilegal de materiais, além de trĂĄfico de pessoas. A Operação Henchman foi desencadeada para combater uma associação criminosa que promove a migração ilegal de pessoas para os Estados Unidos, num esquema criminoso que teria movimentado mais de nove milhões e remetido ilegalmente cerca de 63 pessoas, incluindo crianças e adolescentes. A ação aconteceu em Governador Valadares na manhã do dia 23, com cinco mandados de busca e apreensão.

A PolĂ­cia Federal apreendeu entorpecente enviado pelos Correios na quinta-feira, 23, por meio de mandado de busca e apreensão em uma fĂĄbrica de móveis planejados no bairro São José em Divinópolis. Uma encomenda despachada pelos Correios com mais de dois quilos de cocaĂ­na foi recebida por um funcionĂĄrio, que não é o real destinatĂĄrio. A droga seria destinada ao proprietĂĄrio da fĂĄbrica que não estava no local.

O combate à fraude bancĂĄria com documentos falsos aconteceu em Montes Claros, onde a PolĂ­cia Federal cumpriu mandado de busca e apreensão com sequestro de bens nas cidades de Montes Claros, Bocaiuva e Uberlândia. A ação aconteceu na terça-feira, 28, após uma investigação revelar que os saques eram efetuados por meio do levantamento de créditos de precatórios a partir da utilização de documentos falsos, com prejuĂ­zo de cerca de R$1,5 milhão para a União.

Os suspeitos responderão pelos crimes de estelionato, falsificação de documento pĂșblico, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

A extração ilegal de areia em Leopoldina foi alvo da PF na terça-feira, 28, por meio da Operação Areial, que cumpriu quatro mandados de busca e apreensão expedidos pelo JuĂ­zo da Vara Federal de Muriaé. Além dos policiais federais, a operação mobilizou, em ação conjunta, policiais da PolĂ­cia Militar Ambiental, bem como fiscais do IBAMA e da AgĂȘncia Nacional de Mineração, a fim de dar cumprimento às devidas autuações e à destruição do maquinĂĄrio utilizado na extração mineral ilegal.

Em Belo Horizonte, a PolĂ­cia Federal deflagrou uma operação destinada ao combate do compartilhamento de arquivos contendo abuso sexual infanto-juvenil pela Internet na manhã deste dia 29 de maio. Foi cumprido um mandado judicial de busca e apreensão em uma residĂȘncia após rondas virtuais realizadas pela PolĂ­cia Federal, que apuraram que o investigado armazenava e compartilhava imagens contendo cenas deste tipo de abuso sexual em ambiente cibernético. Neste caso, o suspeito, se for condenado, pode receber a pena de até dez anos de reclusão.

Fonte: Comunicação Social da PolĂ­cia Federal - Minas Gerais

Comunicar erro