Farol

Governadores não querem dar explicações sobre desativação dos hospitais de campanha

Nove governadores do Nordeste acusam PGR de atuar a favor do governo federal na CPI por pedir aplicações sobre desativação de hospitais de campanha

Por João Cerino em 28/04/2021 às 15:17:38

Na segunda-feira, 19 de abril, a subprocuradora-geral da Rep√ļblica, Lindôra Maria Ara√ļjo, enviou of√≠cio aos estados em que pede explica√ß√Ķes aos governadores sobre "desativa√ß√£o dos referidos hospitais (de campanha), bem como o preju√≠zo causado ao er√°rio, n√£o só em rela√ß√£o às vidas com a falta atual de leitos como o decorrente da verba mal utilizada". Os nove governadores do Nordeste enviaram na noite desta ter√ßa-feira, 27, um pedido para que o CNMP-Conselho Nacional do Ministério P√ļblico abra um procedimento disciplinar contra Lindôra.

O grupo acusa Lindôra de cometer abuso de autoridade ao enviar aos estados of√≠cio acusando os governadores de malversa√ß√£o dos recursos para o combate à pandemia do coronav√≠rus. No documento, os governadores afirmam ainda que a PGR-Procuradoria-Geral da Rep√ļblica agiu politicamente como aliada do governo federal ao encampar o discurso de que os governadores s√£o culpados pela m√° gest√£o do combate à Covid-19 e, dessa forma, subsidiar senadores governistas na recém-instalada CPI. O CNMP é presidido por Augusto Aras, procurador-geral da Rep√ļblica.

Fonte: UOL

Comunicar erro
Revista Atual