Farol

Governador Romeu Zema se reuniu com prefeitos da região

Pedido de criação do Consórcio Regional da Saúde foi debatido para reduzir a dependência das secretarias de saúde com a Superintendência Regional de Uberaba

Por João Cerino em 15/05/2021 às 13:15:00

Nesta sexta-feira, 14 de maio, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, continuou a cumprir os compromissos da agenda oficial de dois dias no município de Frutal, se reuniu com alguns prefeitos da microrregião de Frutal.

Estiveram presentes ao encontro os prefeitos Antônio Luiz Botelho-Planura, Airton Alves-Pirajuba, Helder Paulo Carneiro-Campina Verde, Cláudio Tomaz de Freitas-Iturama, Gilmar Aparecido Leonel da Silva-São Francisco de Sales, Geová Tomaz de Almeida-União de Minas, Ricardo Garcia-Itapagipe e Willian Maia, de Carneirinho. Além do governador, o encontro contou com a participação do deputado federal Franco Cartafina e dos deputados estaduais Arnaldo Silva Júnior, João Bosco e Raul Belém, além de vereadores frutalenses e alguns secretários municipais.

A principal demanda apresentada pelos prefeitos foi a formalização e a criação do Consórcio Regional da Saúde. De acordo com Bruno Augusto, isso diminuiria a relação de dependência que todas as secretarias de saúde têm, atualmente, com a Superintendência Regional de Uberaba. "Por isso, precisamos fortalecer o Hospital Frei Gabriel, melhorando a infraestrutura do prédio e aumentando o número de especialidades e tratamentos disponíveis, que passaria a ser referência para várias cidades. Além disso, a formação desse consórcio facilitaria para que os municípios passem a comprar insumos, veículos e aparelhos em conjunto. Isso traria uma grande economia para os cofres públicos."

Os prefeitos também questionaram o governador sobre a qualidade do serviço prestado pela Cemig na região. "Todos nós falamos da nossa dificuldade de atrair investimentos, já que sofremos com o péssimo serviço oferecido pela concessionária de energia. Isso acaba atravancando o progresso e o desenvolvimento das nossas cidades".

Já com relação a demandas especificas de Frutal, Bruno informa que, coincidentemente, o Governo Estadual acaba de enviar o documento que oficializa a cessão de um dos prédios do complexo da UEMG, que agora ficará sob a responsabilidade da Prefeitura de Frutal. "Instalaremos lá departamentos administrativos do Executivo Municipal que não tem atendimento ao público. Isso gerará economia para a cidade, já que economizaremos em aluguéis e, em contrapartida, a Prefeitura ficará responsável pela manutenção limpeza e por zelar desse importante bem público".

Ainda sobre a unidade da UEMG em Frutal, Bruno pediu ao governador que receba uma comitiva de professores em Belo Horizonte para que sejam discutidas medidas a serem adotadas a curto, médio e longo prazo na universidade. "Eu pessoalmente irei mobilizar e organizar essa viagem para que possamos, enfim, fazer com que a UEMG funcione com toda sua potencialidade e se torne um centro de referência de pesquisa e ensino".

Sobre a cessão de prédios públicos que pertencem ao Governo do Estado, Bruno também solicitou que o prédio do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais também fique sob a responsabilidade da Prefeitura. "Atualmente, não podemos nem fazer a limpeza daquele terreno, pois não podemos utilizar recursos públicos e humanos da Prefeitura para esse fim, pois isso caracterizaria improbidade administrativa."

Fonte: Secom - Frutal-MG

Comunicar erro
Revista Atual