Farol

Romeu Zema defende vacinação de professores durante agenda em Frutal

Segundo Zema, a categoria tem prioridade por ter contato direto com as pessoas e precisa dessa garantia

Por João Cerino em 15/05/2021 às 14:30:00

Gil Leonardi / Imprensa MG

O governador Romeu Zema defendeu, nesta sexta-feira, 14, em Frutal, que professores tenham prioridade na vacinação contra a Covid-19. Zema visitou a Escola Estadual Maestro Josino de Oliveira, contemplada pelo programa Mãos à Obra e se reuniu com educadores, profissionais da Educação, pais e alunos para discutir o trabalho da sua gestão para avançar nos índices educacionais. Estive reunido com a área de Educação na cidade de Frutal e mais escutei do que falei. Temos cobrado do Ministério da Saúde prioridade para os professores, porque sabemos que essas categorias que têm contato direto com as pessoas precisam estar imunizadas", afirmou o governador.

No dia 9 de abril, um ofício assinado pelo governador Romeu Zema e pelos secretários de Estado de Saúde, médico Fábio Baccheretti, e de Educação, Julia Sant"Anna, foi enviado ao ministro da Educação, Milton Ribeiro, pedindo que a comunidade escolar seja priorizada no Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19. O documento explica a importância da inclusão de professores e demais trabalhadores da Educação como prioridade na vacinação, para a volta gradual das aulas presenciais. A imunização se somaria ao protocolo de Saúde criado por um grupo de trabalho com orientações para o retorno da atividade com segurança.

A Escola Estadual Maestro Josino de Oliveira é uma das seis unidades contempladas no município pelo programa Mãos à Obra, que está reformando, ao todo, 1.028 escolas estaduais em todas as regiões mineiras. O investimento previsto nas quatro etapas do projeto é de R$ 232 milhões. As unidades são escolhidas por critérios técnicos de urgência e criticidade. São obras emergenciais, como construção de muros, reforma de telhados, banheiros, cozinha, refeitórios, rede elétrica, reforço estrutural de salas de aula, substituição de portas e reforma geral de instalações, que visam dar mais conforto e segurança a alunos e profissionais.

Fonte: Agência Minas

Comunicar erro
Revista Atual