Farol

PARABÉNS, FRUTAL!

FRUTAL, 134 ANOS

Por Fala, Professor! em 04/10/2021 às 09:17:28

FRUTAL

FRUTAL

Cidade que nasceu das frutas, que cresceu no tempo, na história, fazendo jus a sua terminologia inspirada. Hoje é fruta madura. Já passou dos cem faz algum tempo. Nem por isso, deixou de ser terna e suave quanto fruta recém tirada do pé, tão doce quanto melado de cana e tão acolhedora quanto um pé de jabuticaba que abriga milhares em seu tronco. É pé de fruta que acolhe quem chega à sua sombra e alimenta os que buscam saciar-se. Frutal nos abriga, nos abraça, nos aconchega.

Assim é nossa cidade. Aqui é nosso país. Aqui construímos o nosso tempo e, literalmente, preparamos a terra e jogamos as sementes que darão melhores frutos. Nestas ruas e vilas, povoados e distrito, estradas e sítios, pontes e prédios, edificamos nossas vidas. Levantamos as paredes, por vezes, com tijolos assentados com o barro molhado por nossas lágrimas e regramos nossas plantas, nem que seja com o suor de nossas faces avermelhadas pelo sol que lança, em forma de bênçãos, seus raios dourados sobre as peles multicores de um povo que se mistura, que se gosta, que se ama, que leva adiante o comboio.

Frutal de gente envolvente, de múltiplos talentos, de povo que labuta. Sujeitos de mãos calejadas em luvas de couro na "panha" do abacaxi. Homens e mulheres jogando para o alto, no melhor sentido da expressão, a garantia do sustento. "Vai, pega!". assim, vão formando cargas, levando os frutos da terra e trazendo divisas. Frutal hoje da cevada, imperial.

O Rio Grande circunda nossas margens, acaricia a epiderme do município e fertiliza nosso solo. Traz riquezas, pedras preciosas, peixes, energia e vida. Frutal solidária da Igreja que é matriz, que simboliza lá do alto de suas torres toda nossa grandeza.

Frutal do Ipê Amarelo, do lindo Bosque, de Nossa Senhora, dos Estudantis, da força libertadora de Princesa Isabel, do fruto doce do cajueiro, do cheiro de flamboyant e da eterna Esperança. Isso... Frutal é a cidade da esperança.

Hoje é dia de amá-la de um jeito especial. É dia de agradecer por termos a dádiva de ser frutalense. Parabéns, terra querida!

É isso aí!

Comunicar erro
Revista Atual