Frutal e região ganham Delegacia Rural

A nova delegacia vai atuar neste tipo de investigação com uma equipe dedicada para apurar os crimes e punir os responsáveis

Por João Cerino em 27/11/2021 às 17:12:08

A Terceira Delegacia Regional de Polícia Civil de Frutal recebeu, neste sábado, 27, autoridades de Frutal e região para a instituição da Delegacia Especializada na Repressão a Crimes Rurais, que vai atuar em Frutal e nos municípios que fazem parte de sua área de abrangência. Para a ocasião, veio a Frutal o delegado geral de Polícia Civil no estado, Joaquim Francisco Neto e Silva, o titular do Quinto Departamento de Polícia Civil, César Felipe Colombari da Silva, os deputados Arnaldo Silva Júnior e Heli Geraldo de Andrade, além de lideranças ligadas à área rural de Frutal e de municípios vizinhos.

Segundo Joaquim Francisco, a equipe de policiais da Delegacia Regional vai atuar neste campo de investigação com uma equipe dedicada a esse tipo de caso, para produzir, de forma eficiente, as provas necessárias para que a Promotoria possa fazer a acusação e punir os responsáveis.

A criação da nova delegacia, segundo o delegado César Colombari, vem trazer a concentração de informações em uma equipe policial em parceria com os produtores rurais para atuar na repressão e também na prevenção, por meio de palestras e eventos para colaborar com a segurança no campo. "Não se pode criar uma emenda parlamentar sem a base jurídica legal e esse é o ponto mais importante na nova delegacia."

O presidente do Sindicato Rural, Nivaldo Pacheco de Morais, agradeceu a todos os que se empenharam ao longo do tempo para que essa delegacia se tornasse realidade. O deputado estadual Arnaldo Silva Júnior, que se empenhou pela instalação da nova delegacia em Frutal, apontou que a presença da região mostra que as instituições estão empenhadas em trazer o que for melhor para toda a sociedade. Ele anunciou ainda uma viatura com cela para a PC e outra para a PM, além de cem mil para cada instituição de segurança adquirir equipamentos. "O que está acontecendo aqui foi por meio de várias mãos que se dedicaram e se debruçaram nesta causa."

Por sua vez, o deputado Heli Grilo falou de suas origens rurais e destacou que é preciso atender aos produtores rurais, pois são eles que sustentam a economia do país, conduzindo o país nas costas e alimentando a população. O prefeito Bruno Augusto falou da necessidade de se caminhar em parceria com a segurança e pôs a estrutura da Prefeitura à disposição da área de segurança, pois o estado ainda está quitando débitos de administrações anteriores. "A nossa bandeira é dividir a responsabilidade, oferecer condições às forças de segurança, para que Frutal tenha mais segurança, pois cidade segura atrai investimento e isso nos leva a mais progresso."

Ao assinar a instituição da Delegacia Especializada na Repressão a Crimes Rurais, o chefe da PC, Joaquim Francisco, apontou que a nova Delegacia Rural vai atuar relativamente a abigeato e demais crimes relacionados à atividade rural, envolvendo especialmente insumos, defensivos, veículos e material agrícola em geral, para investigar e apurar crimes de todos os municípios da regional de Frutal. "Todas as autoridades estão unidas para somar forças e alcançar essas conquistas. Nós percebemos essa movimentação das forças da sociedade e é isso que traz os resultados."

O delegado da Regional Frutal, Fabrício Oliveira Altemar, observou que as autoridades realmente estão atentas às necessidades da segurança pública e a Polícia Civil se compromete a oferecer mais esta parceria com o homem do campo. "Tivemos uma onda de roubos no campo nos últimos sessenta dias, mas 99,9% desses criminosos estão presos e isso é resultado de todos os nossos esforços e apoio dos serviços de inteligência da Polícia Civil e Militar. Agora vamos somar mais esforços para que possamos investigar os crimes e condenar essas pessoas."


Fonte: Reportagem Alô Frutal

Comunicar erro