PM lançou operação Férias Seguras

Policiais do setor de administração estão nas ruas para trabalhar no combate e prevenção aos furtos em residência

Por João Cerino em 05/01/2022 às 13:50:00

Tenente PM Arakaki no lançamento da operação

A Polícia Militar fez o lançamento da Operação Férias Seguras na tarde deste dia 4, na sede do 69º Batalhão de Polícia Militar em Frutal, onde o tenente Arakaki, responsável pela condução do trabalho, falou sobre os objetivos desta ação mais dedicada à proteção do patrimônio, que tem como foco principal o combate aos furtos. Segundo a Assessoria de Comunicação Organizacional, a PM vai intensificar as atividades de polícia ostensiva em suas diversas modalidades, visando à preservação da ordem pública, da incolumidade das pessoas e do patrimônio, de forma a impedir a ação dos infratores no período em que boa parte das pessoas programam as suas férias.

O tenente Arakaki diz que a PM adota essa estratégia em todo o estado porque o furto a residência é o tipo de crime mais comum durante as férias. "As pessoas viajam, visitam parentes e as casas ficam sem moradores. A Polícia Militar emprega policiais da administração no policiamento ostensivo para prevenir o crime. Nos locais onde há a Rede de Vizinhos Protegidos, é bom contatar com o vizinho de confiança que vai acionar a PM para qualquer situação suspeita na casa." O tenente recomenda que as pessoas verifiquem portas e janelas, se houver alarmes deve avaliar o dispositivo de segurança para verificar o funcionamento.

Além disso, é recomendável avisar o vizinho de confiança no caso de haver pessoas suspeitas rondando o local. A rede de vizinhos pode ser formada com reuniões da PM com a população, onde são feitas palestras para organizar as pessoas e reduzir fatores que podem favorecer o crime. Ele chama a atenção para o fato de que o crime mais frequente é o arrombamento de portas e janelas e, por isso, é importante reforçar essas portas para aumentar a segurança. "Arrombar uma porta reforçada traz mais dificuldade para o infrator e o vizinho pode ter tempo de chamar a polícia."

Outras medidas a solicitar ao vizinho são a retirada das correspondências e atenção se for manter a luz acesa no período de viagem. O tenente alerta que a luz permanecer acesa pode funcionar bem à noite, mas, continuando ligada durante o dia indica que a pessoa não está em casa. Uma luz acesa por vários dias em seguida perde sua utilidade e acaba chamando a atenção do ladrão.


Fonte: Reportagem Alô Frutal

Comunicar erro