Jornalista denuncia ameaça

Um parente de uma pessoa que foi presa queria que a matéria fosse retirada do site

Por João Cerino em 18/01/2022 às 14:29:46

Publicação do Facebook

Uma jornalista de Pirajuba registrou uma ocorrência de ameaça no Segundo Pelotão PM, com sede naquela cidade, depois que recebeu ligações ameaçadoras após publicar uma notícia. A matéria, sobre uma prisão, não cita nomes dos envolvidos, mas, mesmo assim, um parente do preso fez uma ligação, primeiro solicitando que a matéria fosse apagada e, diante da explicação e negativa da jornalista em eliminar a matéria, disse que iria pedir a um advogado que cuidasse do caso.

Em uma segunda ligação, que foi feita mais tarde, uma pessoa que não se identificou, começou a dizer palavras de baixo calão, dizendo que era para aguentar as consequências. A jornalista afirmou que teme pela sua integridade física e, por isso, decidiu fazer o registro da ocorrência para evitar novos acontecimentos desagradáveis.

A jornalista fez uma postagem no seu Facebook explicando que não cometeu nenhum erro ao divulgar a matéria e o fez dentro da ética, sem divulgar nomes, o que não justifica alguém querer retirar a matéria ou questiona-la na Justiça. De acordo com a ocorrência, a primeira ligação foi por volta das 13h30 e a segunda, de outro número, aconteceu às 18h20, quando recebeu as ameaças. Os números que ligaram constam no Reds e a investigação do caso passa agora à Polícia Civil.

Fonte: Reds: 2022-002626710-001

Comunicar erro