Reimar lança caminhada rumo à Assembleia Mineira

Para o pré-candidato, cultura é importante, mas ele tem preparo para atender a todas as áreas

Por João Cerino em 20/05/2022 às 12:34:17

Reimar Rodrigues, conhecido pelo Projeto Mão Amiga, que trabalha já a 18 anos em Frutal e região, com um projeto cultural dedicado à autoestima de estudantes das séries iniciais, decidiu, ainda em 2021, lançar a sua pré-candidatura a uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado de Minas Gerais. Nascido em Frutal, ele foi incentivado por familiares e amigos para esta jornada e acha interessante o posicionamento dos frutalenses em uma enquete que deu 90% de preferência para que houvesse um candidato natural de Frutal. "Eu concordo, pois, sendo da cidade, o candidato tem uma real noção das prioridades do município e também da região."

Ele frisa que, por outro lado, é difícil para um município menor fazer seu representante, por se tratar de um eleitorado que não consegue fazer o número de votos que o candidato local necessita. "Por isso, acho natural o candidato buscar seu eleitorado também em outros municípios próximos ao seu para chegar à conquista da cadeira que vai beneficiar a todos. Por isso sou pré-candidato para minha cidade, Frutal e para a minha querida região do Baixo Vale Rio Grande. Sobre as necessidades desta região, eu diria que todas as questões são importantes, pois uma depende da outra. A malha viária, por exemplo é importantíssima para o desenvolvimento da região.

Outros itens apontados por são Segurança Pública, Saúde, Educação, Turismo e Esporte, que precisam, segundo diz, serem vistos com um olhar diferenciado através de seus gestores. A Cultura, outra de suas bandeiras, é considerada por ele como de suma importância, pois, além de propiciar entretenimento sadio para as pessoas, questiona assuntos relevantes e isso influi na formação de bons cidadãos. "Cultura é vital para todos. Como ator e dramaturgo, vejo a necessidade emergencial de alavancar um megaprojeto cultural, não só pra Frutal, mas sim para toda nossa região, que está praticamente abandonada nessa área."

A decisão de partir para a candidatura é que a região do Baixo Vale Rio Grande está carente de grandes projetos culturais e isso vai de encontro à sua meta de estender o Projeto Mão Amiga, desenvolvido em Frutal e Iturama, para todo o estado. "Como ator e dramaturgo, viajei por mais de 289 cidades em seis estados e observei claramente o descaso com a cultura em minha região. Desenvolvi a minha atividade social por 18 anos e hoje, estou ciente do que a nossa gente precisa na área cultural. Quero lutar implacavelmente para que cada cidade de minha região venha ter espaços apropriados para as crianças, jovens e adultos terem acesso aos grandes espetáculos."

A ideia é criar também mecanismos para que novos profissionais possam sair do anonimato e ajudar a fazer a cultura também. "Quero que isso dure para sempre, pois o fomento cultural é valioso numa sociedade que requer a cada dia, bons conhecimentos. Como pré-candidato, trabalho no sentido de mostrar para as pessoas que ainda há trigo na terra. Venho de uma família carente financeiramente e sei o quanto o povo sofre com os desmandos de governantes que nada fizeram para beneficiarem as pessoas com ações relevantes. E não fizeram porque a população não adquiriu cultura o suficiente para entender o que é a manipulação pelo poder."

Caso tudo transcorra dentro da normalidade, Reimar já planeja um leque de ações. "Eleito, farei jus ao meu eleitorado, pois vou trabalhar para que todas as demandas venham ter a dedicação que merecem. Terei orgulho em representa-los e me sinto pronto para tal desafio, porque entro de corpo e alma, para fazer acontecer o melhor para nosso povo. Como integrante da classe artística, observei um descaso imenso à nossa profissão e, como testemunha ocular dessa rejeição a oferecer cultura ao povo, decidi alçar mais alto a bandeira da cultura e das ações sociais e culturais que desenvolvo há 18 anos em minha cidade, para levar para toda a Minas Gerais."

CONVITES

Reimar assinala que recebeu convites de três grupos políticos de Belo Horizonte, mas se identificou com o projeto do senador Carlos Viana, que postula o governo do estado. "Estou convicto que escolhi o melhor grupo para trilhar nesse projeto de realizar sonhos de milhares de crianças e jovens, assim como todas as demandas da população de minha região. Louvo à Deus por estar no Grupo do senador e ser parceiro de pré-candidatura com o advogado Samuel Viana, filho do senador Carlos Viana. Creio que nada acontece por acaso. Tudo acontece por uma determinação de Deus."

Segundo o pré-candidato, todos os seres humanos sonham com algo salutar para suas vidas. "Quando somos os embaixadores desses sonhos para a obra prima de Deus, nossa alegria e contentamento não tem preço. Todas as áreas, como disse anteriormente, são vitais para o progresso econômico e psicológico do ser humano. Não estamos aqui por acaso, mas sim por uma determinação de Deus e, enquanto eu estiver com o fôlego de vida, honrarei o chamado do Criador para ser útil ao próximo. Todos podem ficar cientes que minha missão será desenvolvida na mais pura lisura, honestidade, trabalho e resiliência."


* Esta é a primeira de três matérias que serão elaboradas pelo site Alô Frutal com frutalenses pré-candidatos aos cargos de deputado estadual ou federal nas eleições de outubro deste ano. O site enviou as perguntas a todos os candidatos de Frutal que se manifestaram como postulantes a esses cargos e a proposta tem como base uma enquete publicada feita em 1º de janeiro deste ano, em que 90% dos frutalenses que participaram manifestaram a sua preferência a um candidato de Frutal.

O site está aberto a ouvir outros frutalenses que desejem manifestar as suas ideias sobre esta questão e aguarda o contato de quem tem essa pretensão e não foi contatado. No domingo, será publicada a entrevista com o pré-candidato Edgard Mendonça.


Fonte: Reportagem Alô Frutal

Comunicar erro