Farol

Aleksandar Mandi, um dos pioneiros da Internet como negócio no Brasil, morre aos 66 anos

Mandi desenvolveu um dos primeiros provedores de internet do Brasil na década de 90 e foi um dos precursores do e-mail

Por João Cerino em 07/05/2021 às 10:50:29

Morreu na tarde desta quinta-feira,6, aos 66 anos, Aleksandar Mandi, um dos pioneiros da Internet como negócio no Brasil. A causa da morte não foi divulgada, mas o empresário vinha tratando uma leucemia. A informação foi divulgada pelo filho do empresário, Axel Mandi, nas redes sociais. Ainda aos 18 anos, em 1990, Mandi investiu no seu próprio empreendimento, o Mandic BBS. A partir dele, o empresário criou um dos primeiros provedores de Internet do Brasil, que se tornou um dos principais do país, eleito como o Melhor Provedor iBest 97/98 e recebendo o título também no ano seguinte.

Em 1999, um ano depois de vender a Mandic BBS, o empreendedor fundou, juntamente com Nizan Guanaes e Matinas Suzuki Jr, o portal de notícias e conteúdos iG-Internet Group, onde atuou como vice-presidente até 2001.

Em 2002, o empresário, recuperou a marca Mandic, mas, desta vez, para trabalhar com e-mails corporativos, sob o nome de mandic-mail, que tinha o slogan "o melhor e-mail que a Internet pode fazer". Com amplo crescimento, o serviço acabou se transformando e deu início a ofertas de produtos de computação em nuvem. Dez anos depois, em março de 2012, o empreendedor decidiu vender novamente a marca.

Já aos 60 anos, em 2013, o empresário criou o aplicativo Mandi Magic, que hoje se chama Wi-Fi Magic. Ele é um banco de dados alimentado pelos próprios usuários, onde são armazenadas senhas de Wi-Fi de locais públicos, disponibilizados de forma gratuita.

Graças as suas criações, Mandi recebeu alguns prêmios durante sua carreira. Em 1999, o de "Empreendedor Master do Ano" pela Ernst & Young e o prêmio Casa da Universidade. Em 2006, ele ganhou o Prêmio Sucesu 40 Anos, da Associação de Usuários de Informática e Telecomunicações.

Fonte: G1

Comunicar erro
Revista Atual